Cidades em um novo começo

Município de São Paulo reduz limite de velocidade em 24 vias

A prefeitura do município de São Paulo, capital de estado com o mesmo nome no Brasil, anunciou nesta quarta-feira (05/maio/2021) a redução da velocidade máxima em 24 vias.

Nessas vias, a velocidade máxima permitida foi reduzida de 50 km/h para 40 km/h.

Essa redução teria como objetivo diminuir o número de mortes por acidentes de trânsito. Presume-se, portanto, que tais locais apresentem histórico de altos índices de acidente de trânsito com vítimas fatais ocasionados por veículos conduzidos em velocidades entre 40 km/h até 50 km/h.

A relação de vias encontra-se na página da prefeitura e foi reproduzida, abaixo:

Zona Norte

  • Avenida Água Fria – Santana;
  • Avenida Araritaguaba – Vila Maria;
  • Avenida Carmópolis de Minas – Vila Maria;
  • Rua Chico Pontes – Vila Guilherme;
  • Avenida Guapira – Tucuruvi;
  • Avenida Imirim – Imirim;
  • Avenida Jardim Japão – Jardim Brasil;
  • Rua José Debieux – Santana;
  • R. Maria Cândida – Vila Guilherme;
  • Avenida Olavo Fontoura – Parque Anhembi;
  • Avenida Serafim Gonçalves Pereira – Pq. Novo Mundo.

Zona Sul

  • Rua Santa Cruz – Vila Mariana – Zona Sul;
  • Rua Edmundo Carvalho – São João Clímaco;
  • Viaduto Dr. Eduardo Saigh – Vila Mariana;
  • Rua José Ferreira Pinto – Vila Clementino;
  • Rua Loefgreen – Vila Mariana.

Zona Leste

  • Rua São Teodoro – Vila Carmosina;
  • Rua dos Continentes – Vila Ré;
  • Avenida Dr. Eduardo Cotching – Vila Formosa;
  • Avenida João XXIII – Vila Formosa;
  • Rua Eng. José Cruz de Oliveira – São Miguel Paulista;
  • Avenida Miguel Ignácio Curi – Artur Alvim;
  • Avenida Nagib Farah Maluf – José Bonifácio.

Zona Oeste

  • Avenida Cândido Portinari – Vila Jaguara.

 

Não foram divulgados os números históricos e as expectativas de redução de acidentes nesses locais.

Em consulta ao banco de dados do Infosiga SP, sistema do governo do estado de São Paulo que reúne e divulga informações sobre os acidentes de trânsito ocorridos no estado desde 2015, vemos que ao longo de seis anos:

  • 1/3 das 24 vias, não tiveram nenhum acidente fatal;
  • 1/3 tiveram 1 acidente fatal;
  • 1/3 tiveram 2 ou mais acidentes fatais.

 

A consulta completa relaciona 1.963 vias da capital com no mínimo 1 acidente fatal no período de seis anos (2015 até 2020). Os dez maiores números de ocorrências foram nas seguintes vias:

ViaAtropelamentoChoqueColisãoS/ Inf.OutrosTotal
AVENIDA SENADOR TEOTONIO VILELA3220161574
ESTRADA DE ITAPECERICA1914169866
ESTRADA DO M BOI MIRIM218207561
AVENIDA SAPOPEMBA256111548
AVENIDA ARICANDUVA1013163345
AVENIDA MARECHAL TITO303101145
AVENIDA DONA BELMIRA MARIN216102342
AVENIDA DO ESTADO176121541
AVENIDA DOUTOR ASSIS RIBEIRO129170341
AVENIDA RAIMUNDO PEREIRA DE MAGALHAES28105934
Total189931383047497

 

A Avenida Guapira – Tucuruvi é a primeira das 24 vias a aparecer na relação total de vias. Com 12 acidentes fatais está na 65o posição.

Entre as 24 vias, 11 tiveram o atropelamento como uma das causas de acidentes fatais. Com 12 atropelamentos fatais a Avenida Guapira – Tucuruvi também é via com o maior número desse tipo de acidente nessa relação de vias.

Uma outra característica dessa via, os acidentes ocorrem ao longo de sua extensão. Contudo, vemos uma concentração de acidentes na extremidade localizada na parte superior do mapa abaixo.

 

Marco Antonio Portugal

Mestre em Gestão da Inovação e Engenheiro Civil pelo Centro Universitário da FEI, com MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV, MBA Executivo em Administração pelo Ibmec e MBA em Administração pelo Centro Universitário da FEI, possui mais de 25 anos de experiência no setor de Construção Civil, sendo 19 deles em uma das dez maiores empresas do setor no Brasil, onde atuou como responsável por projetos de desenvolvimento estratégico, além da posição como gestor de Custos e Controle e de outras áreas. Professor do MBA em gestão de projetos da BBS Angola desde 2019. Possui certificação como Project Management Professional – PMP® pelo Project Management Institute – PMI. Autor dos livros; Bússola de Gestão para a Construção Civil e Como Gerenciar Projetos de Construção Civil.

VEJA TODOS OS POSTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Boletim informativo

Receba atualizações com nossas novidades